Quem é tua Maria?

Um dia Maria vai

Noutro dia Maria vem

Rodeia, rasteira, rastejante

Já não faz bem a ninguém.

Seus olhos estão opacos

Seu encanto virou bolor

Aquela conquista outrora confiada

Virou o circo do horror.

Que queres com isso Maria?

Como consegues esse fardo levar?

Um conselho de quem já te chamou de amiga:

Não basta ter tática, descubra o que é amar.

Embriaga com o seu encanto

Mas logo se faz fugaz

De olho só no próprio umbigo

Passando os outros para trás.

Faz faxina nesses excessos Maria 

Só acumule o que pode dar paz

Dias passam como cometa

Mas da eternidade tu não foges jamais.

Desce do muro Maria 

Sustenta a tua opinião

Até podes conquistar o mundo inteiro

Mas está longe de saber 

o valor de um só irmão.

Anúncios

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s