Olé dos vaga-lumes.

Fascínio e pavor traduziam aquelas noites vaga-lumes.

No interior, a capturar o pisca-pisca da natureza. 

A escuridão traz junto o encanto de seres voadores e reluzentes.

Ainda que minúsculos, tais pirilampos, davam olé na gente. Olé!

Caçadora implacável, corria atrás daquela lanterna, só as pupilas a tocavam.

Magia e fantasia no meio da roça. Com o pedido eterno de me dê uma luz.

Brincadeira de criança: caça vaga-lumes 

Brincadeira de adulto: 

uma vaga, o vagar, um lume.

Vagalumes – inseto da fauna brasileira – com suas lanternas verdes e amarelas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s